Ginecomastia

Ginecomastia é o termo utilizado para o aumento benigno da glândula mamária masculina. Não é uma ocorrência incomum, podendo atingir até 40% dos homens, principalmente durante a puberdade. Muitos casos tem resolução espontânea com a maturidade do desenvolvimento sexual do homem. Os casos podem ser uni ou bilateral. É importante verificar a utilização de medicamentos e anabolizantes, visto a relação com o surgimento da Ginecomastia. Porém ao persistir na vida adulta pode trazer muito transtorno ao paciente principalmente der ordem psicológica. A redução da mama, neste tipo de problema, é feita pela remoção de tecido glandular ou da gordura, através de lipoaspiração e/ou ressecção dos tecidos excedentes, conforme avaliação individualizada na consulta médica.

PÓS OPERATÓRIO
O afastamento das atividades físicas se faz necessário pelo periodo de 21 dias. O uso de modeladore corporal é fundamental para diminuir o edema, hematoma e dor no pós-operatório, sendo indispensável pelo periodo de 30 a 60 dias.

COMPLICAÇÕES
Apesar de raras as que podem ocorrer decorrente do procedimento são: hematoma, infecção, abertura dos pontos, sofrimento de pele, queloides e cicatrizes hipertróficas (dependendo da predisposição do paciente).

RESULTADO DEFINITIVO
Como todo procedimento na cirurgia plástica, em torno de 3 a 6 meses.

ANESTESIA: Local + Sedação ou Peridural + Sedação

TEMPO DE CIRURGIA: 1 a 2h

TEMPO DE INTERNAMENTO: 12h

DR. VINICIUS SPIANDORELLO

Cirurgião Plástico - Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica CRM/SC 19275 - CRM/PR 24839 RQE 10954